Região:

min

max

Anuncie aqui

Especialista explica como começar a investir com pouco dinheiro

Educação econômica pode lhe ajudar a ter uma aposentadoria mais tranquila

Por Fabrício Santana
(Atualizado em 22/08/2022 - 7h44)
Compartilhar

Que o dinheiro está cada vez mais curto para a maioria das pessoas é um fato no Brasil, mas tem quem consiga fazer o salário sobrar, mesmo não ganhando tanto.

Segundo o especialista em investimentos Flávio Neves, investir as economias é uma boa alternativa para fazer a grana render ainda mais. O primeiro passo é buscar conhecimento para descobrir a melhor forma de aplicar o dinheiro. “Procure entender como funciona cada tipo de investimento, seus riscos, como é a forma de rentabilidade e os prazos. Após entender esses pontos, vá para a prática e inicie sua trajetória como investidor quanto antes”, diz Flávio.

 

Renda fixa e variável

O especialista explica que a renda fixa nada mais é do que um empréstimo, no qual o investidor e a contraparte (um banco, uma empresa ou governo) compactuam a taxa de retorno e o prazo do investimento.

“Já a renda variável é o oposto, pois não tem um prazo específico para terminar, e o investidor não sabe o retorno que terá durante o período de aplicação. É esperado um retorno maior, já que possui um risco maior também”, afirma o especialista de São José do Rio Preto (SP).

De forma geral, o que diferencia a renda fixa de renda variável é a previsibilidade. Renda fixa você sabe os critérios de rentabilidade e o prazo definidos no momento da aplicação, o que não ocorre com a renda variável.

 

Liquidez e rentabilidade são a mesma coisa?

Flávio diz que a liquidez é a facilidade e rapidez que o investidor consegue transformar seu investimento em dinheiro disponível para uso, enquanto a rentabilidade é o retorno esperado sobre aquele investimento.

 

Posso começar a investir com qualquer valor?

O especialista conta que é possível investir em renda fixa a partir de R$ 1, com o CDB, por exemplo. No tesouro direto, o mínimo são R$ 30,00. Já em renda variável é possível comprar ações e fundos imobiliários com R$ 10,00.

 

Investimentos digitais

Atualmente, não é mais preciso ir a uma agência bancária e assinar papéis para fazer um investimento.

“Todo o processo é feito online, através de um smartphone, tablet ou computador. O investidor consegue se tornar sócio de grandes empresas do Brasil e do mundo, ou se tornar sócio de grandes imóveis, como shoppings, galpões logísticos ou prédios corporativos, e receber um aluguel todos os meses diretamente na sua conta. Tudo isso com poucos cliques”, conta Flávio.

O especialista alerta ainda que o tempo de aplicação interfere diretamente na rentabilidade. “Tanto para renda fixa quanto para renda variável, quanto mais tempo o dinheiro ficar aplicado, maior tende a ser o retorno”, diz.

Sobre investimentos para ter uma aposentadoria mais tranquila, Flávio conta que a ideia é começar o mais rápido possível.

“Investir para o longo é você construir um patrimônio financeiro, para que esse patrimônio financeiro lhe renda um valor mensal para complementar sua aposentadoria quando esse momento chegar. Porém, desde o início, o investidor já pode usufruir dessa renda passiva, pequena no começo, mas com o tempo essa renda passiva só tende a aumentar. A dica é: apenas comece”, afirma.

Veja mais notícias em temmais.com.