Região:

min

max

Anuncie aqui

Quirino celebra gol em empate do Novorizontino, mas diz que time perdeu dois pontos em Chapecó

Atacante marcou logo após entrar em campo, mas viu equipe ceder a igualdade dois minutos mais tarde e aumentar jejum de vitórias

Por Redação
(Atualizado em 11/08/2022 - 21h14)
Compartilhar

O atacante Quirino voltou a marcar um gol pelo Novorizontino no empate diante da Chapecoense, na última quarta-feira, após quatro jogos e ajudou a equipe a somar um ponto jogando fora de casa na Série B.

O jogador de 28 anos entrou em campo aos 42 da etapa complementar e no minuto seguinte completou cruzamento de Cléo Silva para fazer o gol que recolocaria o Tigre em vantagem na partida.

“É sempre bom estar marcando. Uma felicidade enorme por ter ajudado o Novorizontino a conquistar pelo menos um ponto e seguir somando pontos na tabela. Espero que no próximo jogo possa ter mais gols, possa sobrar oportunidades para concluir. No domingo temos um jogo importantíssimo contra o Criciúma onde a nossa equipe tem de estar concentrara para buscar os três pontos que estamos precisando para subir de vez na tabela”, disse.

CLIQUE AQUI e veja a classificação da Série B

Apesar do gol ter saído no fim da partida, ainda houve tempo para o empate da Chapecoense dois minutos mais tarde, resultado que deixou o atacante frustrado. Ele citou a falta de concentração para assegurar a vitória e mirou o próximo compromisso em busca da recuperação dos pontos perdidos nas últimas rodadas.

“Sempre foi difícil jogar contra a Chapecoense aqui dentro. Mas da forma que jogamos, um futebol bonito, bem apresentado, se não me engano fiz o gol aos 45. Faltou um pouco mais de concentração, de estar mais perto do jogador adversário para levarmos os três pontos. Acredito que foram dois pontos perdidos, pois estávamos próximos de conquistar os três pontos, que seriam muito importantes para a sequência da competição. Lamentamos sim, mas agora é página virada. Temos de trabalhar, descansar e domingo tem mais um jogo difícil, dentro dos nossos domínios, onde a gente tem de fazer outro belo jogo, mas não tomar esses gols que estão nos atrapalhando para subir na tabela”.

Décimo terceiro colocado com 28 pontos, o Novorizontino volta a campo no domingo, às 11h, diante do Criciúma, no estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte.